No primeiro semestre, Central Bela Vista registrou 40% de crescimento na produção de sêmen



A Central Bela Vista, maior central de coleta de sêmen da América Latina, produziu 1,042 milhão de doses no primeiro semestre de 2018, um crescimento de 40% em relação ao mesmo período de 2017. Os números positivos confirmam a estimativa de crescimento para o mercado de genética bovina para este ano.

Segundo balanço da Associação Brasileira de Inseminação Artificial (ASBIA), divulgado em setembro, o mercado de genética bovina comercializou 5.106.718 de doses de sêmen no primeiro semestre de 2018, o que representou um aumento de 9% em comparação ao mesmo período do ano passado, onde o total comercializado foi de 4.685.507.

A comparação dos resultados com os da ASBIA comprovam que a Central Bela Vista é o melhor local para a coleta de sêmen. Contando atualmente com 470 touros alojados e ocupando uma área de 130 hectares a 1.000 metros de altitude, a empresa é beneficiada pelo clima e isolamento sanitário, importantes diferenciais para a produção de sêmen congelado de bovinos e bubalinos das mais diversas raças de corte e leite.

Sua infraestrutura completa beneficia o manejo animal sem estresse, com piquetes funcionais, cobertos e com sistema de irrigação e drenagem. Todas as ruas são totalmente asfaltadas, o que facilita a distribuição das dietas especificas para a necessidade de cada reprodutor.

A Central Bela Vista oferece ao criador a confiança e a excelência dos seus serviços, com a certeza da melhor qualidade do sêmen.

Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (14) 3112-3730 ou pelo site www.centralbelavista.com.br.